Frescor e leveza. Mais uma comemoração para pensar no look, mas desta vez, a festa é formal porém mais descontraída, o batizado. Esquece a blusinha de barriga de fora, mas mesmo assim, porque não brincar com seu jeito de se vestir, com seu estilo, para elaborar o visual? Procure também conforto em sugestivos tecidos como o algodão, malha e seda.

A ordem é ter estilo mas não se limitar. Descobrir uma textura nova, um caimento que não usava a muito tempo ou até misturar estampas que jamais pensou em ousar. E porque não?

Se você já acha que tem um estilo definido, não pode ficar pensando que jamais vai usar isso ou aquilo. Pesquise seu corpo, descubra outras formas de modelagens e estampas. Já escutei coisas do tipo, não gosto de estampas ou jamais uso saias!  A idéia são os longos, o voal, os fluidos, e até um bom e amigo chapéu.

Na roupa, babados e florais dão vigor ao feminino da comemoração. Que tal se usados com os ternos para dar um ar mais feminino na roupa? A outra sugestão são os náuticos, que para muitos lembram um ar balneário de férias e não um uniforme de marinheiro. A estampa entra em cena com os florais mais abertos e amplos na roupa, o azul marinho com vermelho leva descontração ao estilo. Se  quer modificar um look mais antiquado, descole um cinto desses listrados e coloque com sua tradicional camisa branca de tricoline. Mas se o náutico te inspira, que tal um vestidão vermelho com uma faixa azul na cintura?

Podemos agora sair dos clássicos para falar ainda de romance, coisa que a mulher adora. As rendas e o laise ainda são absolutos nesta comemoração. Procure não usá-los em conjunto. Você pode quebrar com o listrado do náutico ou com as folhagens do safári urbano.

Vedete de qualquer armário feminino, o tricô retornou com força total e parece que vai demorar pra sair de moda. Um bom  casaco twin-set ou os modernos casacos 7/8 entram na tendência do estilo “feito a mão” quando são criados com a tradicional trama de tricô com ares mais modernos. Procure os mais leves em tons neutros e que podem até brincar com pedrarias, dando um tom mais festivo.  Em toda festa de batizado, pelo menos uma peça de tricô é aposta das antenadas usando modelos de vestido de luxo misturados com fios lurex ao invés das tradicional linha mais grossa. A trama ganha também franjas, placas de metal e paetês. Para completar o charme, algumas meias foram enfeitadas com fitas de cetim e o cachecol ganhou franjas desfiadas e coloridas.

As silhuetas dos novos vestidos para batizados também revisitam as décadas de 20 e 30,  mais assimétricas no corpo marcando a cintura, ora mais largas com shape de cintura baixa. Os decotes são exuberantes podendo até mesmo encontrar em vestidos de ombro só com laço na alça feito de tricô, mas tudo muito discreto.

Outro jeito bacana de ir a um batizado é escolher um com um tom antiguinho, com cara vintage, nos tons de preto, branco, azul, rosa velho, bege ou lavanda. Casaquinhos e suéteres nestes tons são super bem-vindos!

Batizado